Notícias de última hora

ACM Neto afirma que não renunciou porque o povo de Salvador não quis


Em discurso na coletiva que lançou Zé Ronaldo (DEM) como pré-candidato ao governo do Estado, o prefeito ACM Neto (DEM) contou que decidiu não renunciar a prefeitura de Salvador para, como ele mesmo diz, “ buscar seu sonho de ser governador da Bahia” porque o povo de Salvador não quis. 
“Não é fácil para nenhum político, para nenhum homem público que está por vocação e amor, abrir mão de um sonho. O que de fato pesou na minha decisão? Foi entender que o sentimento e o desejo majoritário do povo de Salvador era de que eu não renunciasse a prefeitura”, disse. 
Neto lembrou que apesar de ficar na frente de Rui Costa (PT) em todas as pesquisas, a população desejava vê-lo como prefeito até o fim do mandato. Ao se comprar com Zé Ronaldo, que renunciou a prefeitura de Feira, ele ressaltou que a posição é diferente, pois o aliado já fora chefe do Executivo por duas vezes e estava em seu terceiro mandato. 
No discurso também disse que tinha um caminho político a percorrer, pois ainda tinha 39 anos. “Eu tomei a decisão mais difícil. A maios fácil seria renunciar e cair nos braços do povo baiano. Eu sei que de alguma maneira eu tive que dizer não frustrando expecativas de muitos amigos e companheiros políticos, dos meus familiares que sonhavam comigo, por tanto conversando com Deus e ouvindo meu coração tive a convicção que essa, ainda, não era a hora”. (Bocão News)
 

Nenhum comentário