Notícias de última hora

Professores de Itabuna paralisam atividades segunda feira





     Professores da rede municipal em Itabuna decidiram suspender as atividades durante um dia em cada semana para pressionar o prefeito Fernando Gomes a revogar o decreto que retirou o adicional de Atividade de Classe (AC) para parte da categoria. 
      Os profissionais da educação também vão promover manifestações nos bairros para informar a população sobre os motivos da paralisação. De acordo com o Sindicato Municipal do Magistério Público de Itabuna (Simpi), a retirada do AC contraria o que está estabelecido no Plano de Carreira da categoria e prejudica 428 professores. Com a decisão do prefeito Fernando Gomes, há profissionais que tiveram os vencimentos reduzidos em até R$ 700 mensais. 
       O Simpi denuncia que, em muitos casos, com os descontos, os servidores estão recebendo R$ 1.629,00 mensais. O Sindicato do Magistério informou que a decisão de paralisar atividades por 24 horas ocorreu depois de várias tentativas de negociação com a gestão municipal, que não admite revogar a decisão. Além de suspender as atividades por 24 horas na próxima segunda, os professores promovem manifestação na praça do bairro São Caetano, a partir das 9 horas. 
      O prefeito vem alegando falta de dinheiro por causa da crise financeira e que o adicional para os mais de 400 professores não está previsto em lei. (Pimenta)

Nenhum comentário