segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017 | h

Após campanha por dinheiro, menino baiano tem 1º dia de aula no Bolshoi



O garoto Adrian de Jesus Barreto, de 11 anos, que morava no subúrbio de Salvador, teve nesta segunda-feira (6) o primeiro dia de aula na Escola Bolshoi do Brasil, após a família conseguir através de uma campanha o dinheiro para manter ele em Joinville (SC), onde fica a sede da companhia de dança. O menino havia sido selecionado para a escola, mas a família não tinha condições para mudar e se manter em outro estado.

A mãe de Adrian, Valdeci Barreto, disse que com o valor arrecadado, além das passagens, já garantiu dois meses do aluguel e um mês de mantimentos. "Ele está muito feliz, foi uma grande conquista. Apesar de termos conseguido o dinheiro, ainda precisamos de ajuda, pois estou desempregada, mas já estou buscando emprego. Ele [Adrian] vai ficar aqui por pelo menos oito anos. Meu marido é autônomo e vai continuar em Salvador porque lá tem trabalho garantido e já pode dar um suporte, mas isso só não é suficiente", revelou Valdeci.

Para Adrian, o primeiro dia de aula foi tranquilo. Ele explicou que esta segunda-feira foi para conhecer a escola, as regras e os colegas. "Foi legal. Eu já conhecia a escola, já tinha ido lá em outubro do ano passado. Já estou vendo o meu sonho sendo realizado. Tudo que eu esperava está acontecendo como eu queria", contou o garoto.

Conforme a mãe do menino, ela e Adrian chegaram em Joinville no último sábado (4). O pai precisou ir antes para achar o imóvel onde o menino irá morar e uma vaga em uma escola da cidade. "O pai teve que ir antes para matricular ele, pois outros 20 meninos que foram selecionados vão estudar na mesma escola que ele, então a gente quis garantir logo", explicou.Após a primeira aula no Bolshoi, Adrian e o pai foram conhecer Joinville. Ele disse que está gostando da cidade e que está com boas expectativas da nova escola onde vai estudar. "Vou para o sétimo ano. Estou muito feliz e gostando de tudo. O clima aqui está bem quente, mas é úmido, é diferente de Salvador. Aqui é bem legal, mas já estou sentindo saudade de meu pai e minha irmã", contou.

Adrian tem uma irmã de 15 anos que está em Salvador e vai ficar morando com o pai. Enquanto isso, Valdeci vai continuar com o filho em Santa Catarina.

Adrian dança desde os 5 anos de idade. Ele começou a trilhar o caminho da dança em um projeto do Teatro Vila Velha, na capital baiana. Depois, passou para a Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia.

Seleção
Em 2016, o garoto participou da seleção da Escola do Teatro Bolshoi do Brasil, uma das companhias mais antigas e prestigiadas do mundo. Concorreu com 40 meninos na seletiva regional em Salvador, e com outros 2.500 jovens dançarinos na etapa nacional, em Joinville. Adrian foi selecionado entre os 40 melhores em sua categoria.

A Escola Bolshoi oferece ensino gratuito, além de benefícios como almoço, livros, uniformes, figurinos, assistência social, orientação pedagógica, assistência odontológica, e outros atendimentos de saúde.

Quem quiser entrar em contato para continuar a ajudar o sonho de Adrian pode utilizar o e-mail val.oj@hotmail.com. O telefone para contato é: (71) 98801-5970


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV