quarta-feira, 11 de janeiro de 2017 | h

Dois suspeitos de matar cabeleireiro na Bahia são presos, diz polícia


Márcia Short prestou homenagens ao cabeleireiro nas redes sociais (Foto: Reprodução / Instagram)
Os dois suspeitos de envolvimento na morte do cabeleireiro Valdir Macário, que haviam sido identificados pela polícia na segunda-feira (9), foram presos na manhã desta quarta-feira (11).
Os homens serão apresentados pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), às 16h, na sede da unidade, em Salvador.
Os presos foram Edgar Silva Santos, apontado como o mandante do crime, e Patric Ribeiro Tupinambá, um dos executores do cabeleireiro. Os dois já possuíam mandados de prisão em aberto, e as três armas utilizadas no crime também foram apreendidas pela polícia. Segundo a Polícia Civil, a morte do cabeleireiro tem relação com o atendado ao irmão dele, Reginaldo Manoel da Silva, cometido um mês antes de Valdir ser morto.
O cabeleireiro foi assassinado no próprio salão de beleza localizado na Avenida Vasco da Gama, em Salvador. O crime ocorreu enquanto ele trabalhava, no dia 12 de novembro do ano passado. Valdir foi enterrado no dia 13 de novembro no cemitério Campo Santo, no bairro da Federação, também na capital baiana.
Silvanno Salles prestou homenagens ao cabeleireiro nas redes sociais (Foto: Reprodução / Instagram)Silvanno Salles prestou homenagens ao
cabeleireiro nas redes sociais à época do crime
(Foto: Reprodução / Instagram)
Conforme a polícia, outras duas pessoas também participaram da ação que resultou na morte do cabeleireiro, mas elas ainda não foram identificadas.
Segundo o diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), José Bezerra Júnior, o envolvimento do irmão de Valdir com a namorada do suspeito Edgar da Silva Santos, teria sido a motivação dos crimes. Edgar, conhecido como "Chocolate" teria sido o mandante da ação.
Edgar é apontado como líder do tráfico de drogas nos bairros de Mussurunga, Stella Maris e Ipitanga e já chegou a ser preso. De acordo com os registros policiais, ele acumula, pelo menos, sete inquéritos, com última prisão registrada no dia 18 de junho de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV