quinta-feira, 19 de janeiro de 2017 | h

Cruzeiro aguarda dinheiro da venda de Marinho para quitar dívidas



   Questionado sobre a divida com o Huracán, referente à compra do atacante Ramón Ábila, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, afirmou que pagará tudo assim que o Dinheiro da venda de Marinho “pingar na conta”. O time argentino já cobrou publicamente o valor de US$ 1,5 milhão (R$ 4,8 milhões), valor da segunda parcela da compra do atleta.
    "A gente sabe que a situação do Huracán não é tranquila na Argentina, correndo risco de ser rebaixado. Então estão usando o Ábila para amenizar a situação deles. Eles soltam com esse "zum zum zum" de vez em quando. Mas não há a menor possibilidade do Ábila voltar para o Huracán. Pedimos um prazo e eles aceitaram. Não somos clube de ficar guardando dinheiro.Temos transações feitas e o dinheiro ainda não chegou. Soube hoje que o dinheiro da venda do Marinho está chegando", disse o presidente.
   O acordo entre Cruzeiro e Huracán previa o pagamento de US$ 4 milhões (R$ 13,4 milhões na cotação da época) por 50% dos direitos econômicos do jogador. Com os 50% da negociação de Marinho, cerca de R$ 8 milhões, o time Celeste deve resolver a pendência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV