quarta-feira, 14 de dezembro de 2016 | h

Mulher manda matar marido após ser espancada e humilhada 'ele me obrigava ter relações com outras pessoas'




Uma mulher foi presa pela polícia na terça-feira (13), na cidade de Macaíba-RN. Ela é a principal suspeita de ter contratado um pistoleiro para assassinar o próprio esposo. A acusada foi identificada como Amanda Karoline da Silva Cunha, de 24 anos, a vítima foi identificada como Rômulo Barbosa da Cunha, de 34 anos. O assassinato aconteceu no dia 18 de agosto desse ano, no barro Aquarela, em Macaíba. Além da mandante do crime, mais duas pessoas foram presas pela polícia, Romário de Abreu Guedes, de 18 anos, "pistoleiro" e Francinilson Pereira, de 21 anos, que, segundo a polícia, foi contratado com "ajudante".

Segundo informações repassadas pela polícia, que, durante as investigações, descobriu que a acusada era espancada pela vítima, e isso poderia ser a principal motivação para o assassinato. Ainda de acordo com a polícia, a jovem confessou que contratou um pistoleiro para executar o marido. Conforme consta em seu depoimento, ela disse que pagou R$ 5 mil reais e mais a arma para que Romário, o “pistoleiro”, executasse o seu esposo. Ainda conforme a suspeita, ela disse que apanhava de cinto e de facão do esposo, e disse também que era obrigada a ter relações com várias mulheres e homens na frente dele.

Conforme relatos da acusada, por não aguentar as agressões e as humilhações que vinha sofrendo pelo marido, por esse motivo ela contratou um pistoleiro para assassinar o esposo no momento em que a vítima saísse do seu trabalho. O assassinato ocorreu na manhã de quinta-feira, 18 de agosto. A vítima foi alvejada com vários disparos no momento em que se dirigia ao trabalho. A vítima ainda foi socorrida pela acusada, mas, devido a gravidade dos ferimentos não resistiu e morreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV