terça-feira, 15 de novembro de 2016 | h

Esquema de receptação de drogas e celulares em presídio é descoberto


Agentes penitenciários do Conjunto Penal de Simões Filho identificaram um preso que participava de um esquema para recolher drogas e celulares arremessados por pessoas que estavam fora do presídio. Segundo informações do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb), a operação aconteceu na quinta-feira (10), e o homem recebia dinheiro por arremesso introduzido no pátio.




Ainda de acordo com o Sinspeb, o preso trabalhava nas dependências da unidade. Ele recolhia objetos arremessados, e por uma abertura no esgoto do pátio, ele introduzia o material para que fosse recolhido pelos parceiros.

Segundo informações dos agentes penitenciários esse preso também trabalhava em fábricas montadas nos fundos da unidade e ganhava R$ 550 por semana. 

Entre os principais materiais apreendidos em tentativas frustradas estão celulares, carregadores, facas e drogas. Na manhã desta terça-feira (15), o G1 tentou entrar em contato com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), mas as ligações não forma atendidas.

Jequié

Um grupo de criminosos foi flagrado por policias do Conjunto Penal de Jequié, na região norte da Bahia, ao tentar arremessar objetos para dentro do presídio. Segundo informações do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb), a ação aconteceu no sábado (12).

Ao perceber a ação dos bandidos, o policial realizou disparos na direção do grupo, que fugiu do local. Ainda de acordo com o Sinspeb, a prática de arremessar drogas, celulares e armas dentro dos presídios é comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV