sábado, 29 de outubro de 2016 | h

Estudo revela que mistura de energético e álcool tem mesmo efeito de cocaína

Curtir uma noitada consumindo bebida alcoólica é um costume de muitos adeptos a baladas, mas pode representar um perigo que pouca gente tem noção. Em meio às possibilidades, uma das misturas mais comuns é a de whisky ou vodca com energético. A combinação aparentemente inofensiva é capaz de causar ao consumidor o mesmo efeito de cocaína, segundo estudo da Universidade Purdue, em Indiana, nos Estados Unidos.
 
Testes foram realizados em ratos adolescentes e foi constatado mudanças químicas na massa encefálica ao ingerirem vodca com energético. Os efeitos eram muito parecidos com os causados pela droga, afinal, uma lata do produto possui um teor dez vezes maior de cafeína do que os refrigerantes, sendo potencializado com o álcool.
A pesquisa reafirma que o consumo de energéticos puro na adolescência aumenta as chances dessas pessoas se tornarem consumidoras de bebidas alcoólicas na idade adulta. Já a mistura ingerida ainda na idade jovem acarreta alteração no cérebro, realizando mudanças em seu funcionamento.
 
O efeito visto nos ratos que ingeriram a mistura foi de maior atividade e os seus cérebros ficaram repletos da proteína peculiar de quem faz grande ingestão de morfina ou cocaína. Com o passar do tempo, a resistência a esses efeitos vão aumentando, sugerindo que o usuário dessa combinação deve querer sempre mais a substância para se sentir satisfeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV