domingo, 23 de outubro de 2016 | h

Com direito a pênalti perdido, Vitória perde a quarta seguida e segue no Z-4

 
Tinha tudo para ser um dia de festa no Barradão, mas dentro de campo isso acabou não se refletindo. O Vitória perdeu para o Cruzeiro, por 1 a o, chegou a quarta derrota seguida na Série A e se mantém no Z-4 do Campeonato Brasileiro da Série A.
 
O Jogo:
 
A partida começa com o time do Cruzeiro tentado surpreender a equipe do Vitória, principalmente nas cobranças de bola parada, porém, depois dos 25 minutos o Leão começou a fazer uma pressão. Kieza desperdiçou de cabeça e na sequência foi a vez da defesa do time mineiro tirar a bola dos pés dos jogadores do Rubro-Negro, quando fatalmente  morreria na rede mineira.
 
Só que antes do termino da etapa inicial a defesa do Vitória marcou bobeira e Ariel Cabral, quase no chão, desviou e abriu o placar para o time mineiro.
 
No segundo tempo o técnico Argel colocou Cárdenas no lugar de Serginho. A mudança surtiu efeito no início do segundo tempo. O time baiano foi para cima tentando a virada no placar. Tanto que aos nove minutos Kieza fez a jogada e foi para cima do zagueiro do Cruzeiro, que fez a falta e foi expulso.
 
Com um jogador a mais o técnico do Vitória colocou o Vander na vaga de Diogo Mateus, deslocando José Wellison para a lateral-direita e deixou o time com quatro atacantes na busca pela virada.
 
O Vitória teve uma grande oportunidade quando Zé Love fez bom cruzamento e William Farias, de cabeça, parou em uma bela defesa do goleiro, que evitou o gol de empate do Leão.
 
Depois de muita insistênica, o atacante Kieza recebeu o pênalti de Manoel. O juiz marcou e na cobrança, Cárdenas bateu mal e o goleiro Rafael fez a defesa, desperdiçando a chance de empatar o jogo para o Leão.
 
 
FICHA TÉCNICA
 
Vitória x Cruzeiro
Campeonato Brasileiro Série A – 32ª rodada
Local: Barradão, às 16h (horário de Salvador)
Arbitragem: Thiago Duarte Peixoto, assistido por Danilo Ricardo Simon Manis e Herman Brumel Vani (todos de SP).
Vitória: Fernando Miguel, Diogo Mateus (Vander), Victor Ramos, Ramon e Euller; José Welison, Willian Farias e Serginho (Cárdenas); David (Alípio), Zé Love e Kieza. Técnico: Argel Fucks.
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Bryan (Edimar); Denílson, Ariel Cabral e Bruno Ramires (Robinho); Allison, Arrascaeta (Bruno Rodrigo) e William. Técnico: Mano Menezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV