quarta-feira, 26 de outubro de 2016 | h

Autores de agressões com seringas podem ser condenados por até 4 anos de prisão


                     Resultado de imagem para seringas

Os ataques com seringa registrados nos últimos dias tem assustado bastante a população. A Polícia Civil já registrou 16 ocorrências dessa natureza. Sendo uma delas em Lauro de Freitas, uma em Feira de Santana, e as demais em Salvador.  De acordo com a delegada Fernanda Porfírio de Souza, diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), o autor ou autores das ocorrências envolvendo seringas poderão cumprir até quatro anos de prisão pelo crime. 
 
Segundo a delegada, quem for flagrado agredindo outra pessoa com seringa poderá ser indiciado por até três crimes, sendo eles lesão corporal, com pena de três meses a um ano de detenção; por disseminar doença ou praga, cuja pena de reclusão pode chegar a quatro anos; e por causar perigo de contágio de moléstia grave, com pena de um a quatro anos.
 
Conforme a polícia, uma equipe de investigação foi designada para deslocar-se imediatamente até as unidades de saúde, para entrevistar pessoas que procurarem atendimento informando terem sido feridas em circunstâncias semelhantes. Além disso, o Depom também está verificando a existência de câmeras de monitoramento nos locais onde foram relatados os ataques.  
 
Quem tiver informações que possam auxiliar a polícia na identificação e captura do suspeito das ocorrências com seringas, pode ligar para o Disque - Denúncia (3235-0000) ou para 190. Não é necessário identificar-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bahia Destaque 2015-2016 - Tema Desenvolvido Por YFOXXV