Notícias de última hora

Candidato a prefeito que fez caminhada com Kannário nega impedimento da Justiça




"A caminhada do candidato a prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, no bairro do Barreiro, no fim da tarde do último sábado (24), aconteceu normalmente, e dentro da legalidade", diz a nota enviada à imprensa pela assessoria do demista na manhã deste domingo (25). O evento contou com a participação de Igor Kannário, que teria sido impedido pela Justiça após uma decisão da 163ª zona eleitoral, determinada pelo juiz Fábio Falcão Santos. 
 
A justificativa para o impedimento seria a transformação do evento em um "pretenso showmício" e a decisão foi provocada por uma ação da coligação Alagoinhas Cidade Ideal, que representa a candidata Sônia Fontes (PSB). Porém, a Coligação Juntos por Alagoinhas, de Joaquim Neto, garantiu que não houve show do cantor. 
 
"A Coligação Juntos por Alagoinhas reitera que em momento algum o evento seria um "showmício", já que Igor Kannário não fez nenhuma performance artística durante o trajeto [...] Igor não cantou ou fez qualquer manifestação que não fosse política. Como cidadão, Igor Kannário tem o direito de expressar apoio político a qualquer candidatura, conforme determina o artigo V da Constituição Federal". 
 
A nota ainda ressalta que o candidato não foi notificado sobre a proibição da presença de Kannario. Até às 10h deste domingo (25), a Coligação Juntos por Alagoinhas não foi citada ou intimada acerca de qualquer decisão judicial envolvendo o evento, ainda assim a caminhada obedeceu a todos os requisitos da legislação eleitoral". 

Nenhum comentário