Notícias de última hora

Temer tem 30 dias para pagar multa na Justiça Eleitoral




O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB/SP), tem 30 dias contados a partir desta terça-feira (19), para pagar a multa no valor de R$ 80 mil referente ao processo no qual foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por doação acima do permitido na legislação, de acordo com informações publicadas pelo Estadão. Por esta condenação, Temer pode ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa caso tente se candidadar a um cargo eletivo nos próximos oito anos.
 
Segundo a publicação, o peemedebista deve retirar uma Guia de Recolhimento da União (GRU) na 5ª Zona Eleitoral, no bairro de Jardim Paulista, e retornar ao local para informar o pagamento. Se perder o prazo, o presidente em exercício entra no cadastro da Dívida Ativa da União. O pagamento da multa não anula os efeitos da condenação, segundo a Justiça Eleitoral.
 
Temer foi condenado no início de maio por unanimidade no plenário do TRE-SP por ter feito doações acima do limite imposto pela legislação eleitoral na campanha de 2014, na qual o peemedebista concorreu na chapa da então candidata Dilma Rousseff (PT).
 
Ainda de acordo com o jorna, o advogado do peemdebista, Gustavo Mendes, afirmou que vai entrar em contato com a Justiça eleitoral para negociar a forma de pagamento. A assessoria da Presidência informou apenas que Temer vai pagar a multa e não vai comentar o assunto.

Nenhum comentário