Notícias de última hora

Menor diz à polícia que comparsa o incentivou a matar garoto na Bahia

Um dos adolescentes envolvidos na morte de uma criança de oito anos, durante um assalto no sul da Bahia, disse para em depoimento que foi o comparsa quem o incentivou a matar a criança de oito anos. A informação foi divulgada ao G1 neste domingo (24), pela delegada Rosângela Santos, que investiga o caso. O mesmo adolescente, de 15 anos, confessou em depoimento, ter matado um idoso após roubá-lo há três meses no distrito de Caravelas, também no sul do estado.
Conforme Rosângela Santos, os adolescentes envolvidos no crime resolveram matar as vítimas para que elas não os reconhecesse na delegacia. "O médico que atendeu a criança foi ouvido e disse que ela teve afundamento no crânio. Eles bateram para matar. Eles sabiam que era uma criança. Eles não queriam deixar ninguém vivo", disse a delegada.
Vítima estava acompanhada do pai quando foi espancada por assaltantes na Bahia (Foto: Arquivo Pessoal)
Inicialmente, os jovens tinham dito à polícia que não sabiam que uma das vítimas se tratava de uma criança.
De acordo com a delegada, o pai do garoto já recebeu alta do hospital no sábado (23), mas ainda não foi ouvido por não ter condições psicológicas para falar sobre o caso.
O menino morto foi sepultado no final da tarde de sábado, no município de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, sob forte comoção.
A delegada informou que já pediu a internação dos dois jovens, que serão apresentados ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) na segunda-feira (25). Até a manhã deste domingo, eles seguiam na delegacia de Teixeira de Freitas, em uma sala especial para custódia de menores.
Os dois adolescentes ainda relataram à delegada, que costumam roubar moto e trabalham para um homem do Posto da Mata, um distrito da cidade de Nova Viçosa, também no sul da Bahia. Rosângela disse que o homem, suspeito de organizar o adolescentes para roubar motos está sendo procurado para esclarecimentos.

Segundo informações da delegacia da cidade, pai e filho foram socorridos por um homem que passava de carro pelo local. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, mas a criança não resistiu aos ferimentos.
Caso

Uma criança de oito anos morreu após ter sido espancada por dois adolescentes durante um assalto em uma estrada que dá acesso à localidade de Volta Miúda, distrito do município de Caravelas, região sul da Bahia, na sexta-feira (22). A vítima estava na companhia do pai, de 49 anos, a bordo de uma motocicleta, quando ambos foram surpreendidos. Os assaltantes, de 15 e 16 anos, fugiram com a moto e documentos do pai da criança, mas foram localizados pela polícia na madrugada de sábado (23).
As investigações iniciais indicam que os assaltantes estavam encapuzados e escondidos em um matagal no momento que abordaram as vítimas. De acordo com a polícia, pai e filho teriam sido derrubados da moto e levados para uma estrada deserta, onde foram espancados e abandonados.
A polícia realizou buscas para localizar os suspeitos, que foram encontrados em Rancho Alegre, distrito de Caravelas. A dupla foi apreendida e encaminhada pela delegacia de Teixeira de Freitas, onde o caso está sendo investigado.

Nenhum comentário