Notícias de última hora

Jean Wyllys é condenado a pagar R$ 40 mil por post


Justiça considerou postagem de Jean Wyllys ofensiva - Foto: Gabriela Korossy | Divulgação

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL) foi condenado a pagar indenização de R$ 40 mil à procuradora do Distrito Federal Beatriz Kicis Torrents de Sordi. A decisão da Justiça do DF foi contra uma publicação feita pelo parlamentar no Facebook no ano passado.
No post, Jean Wyllys publicou uma selfie feita em 27 de maio de 2015 quando o Movimento Social Foro de Brasília entregou um pedido de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) para o presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha. Na publicação, Jean Wyllys disse: "Levanta a mão quem quer receber uma fatia dos 5 milhões" e "E agora? Será que os pretensos guerreiros contra a corrupção repudiarão sua selfie mais famosa?".
Betriz Kicis aparece na imagem e entrou com ação pedindo dano moral, alegando que a postagem feriu a honra dela. Dsembargadores da 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF acataram o pedido e determinaram a indenização, além da retirada da imagem. Caso o parlamentar não cumpra, pode ser multado em R$ 500,00 por dia.
Jean Wyllys contestou a acusação de ofensa. Ele disse que não criticava Beatriz, e sim, Eduardo Cunha e demais deputados da oposição. Além disso, afirmou que agiu acobertado pela imunidade parlamentar e direito de liberdade de expressão. Ainda cabe recurso.

Nenhum comentário