Notícias de última hora

Domésticas relatam 'humilhação' ao serem revistadas em condomínio

      Funcionárias relatam que precisavam retirar todos os ítens das bolsas Goiânia Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1)

Empregadas domésticas que prestam serviços em casas do condomínio Alphaville Flamboyant, em Goiânia, reclamam que precisam passar por revistas, feitas por seguranças do residencial, antes de entrar e sair do local de trabalho. As funcionárias disseram que o procedimento começou a ser feito na última segunda-feira (16), quando elas precisaram esperar em uma longa fila para passar pela vistoria.

O caso ganhou repercussão nas redes sociais depois que uma moradora do condomínio fez uma postagem, dizendo que soube que a funcionária que trabalha na sua casa estava passando por revista. Mais de 370 pessoas compartilharam a mensagem que, até a manhã desta quinta-feira (19), teve mais de 90 comentários.
     Moradora fez postagem nas redes sociais denunciando revistas em condomínio, em Goiás (Foto: Reprodução/Facebook)
Uma doméstica de 50 anos, que trabalha no local há cerca de dez anos, diz que se sente constrangida com o procedimento. “Eles [funcionários do condomínio] só faltam pedir para passar a mão na gente. Pedem para tirar tudo da bolsa, querem saber quantos celulares a gente tem, qual marca, me senti humilhada”, disse.
A funcionária afirma que chegou a pedir demissão por causa da necessidade de ser vistoriada, mas os chefes não aceitaram. “Eles disseram que vão conversar com a administração do condomínio. Eu tinha senha liberada para entrar e sair, faço compras para a casa, levo a senhora para sair, agora não posso mais, está suspensa”, reclamou.

Nenhum comentário