Notícias de última hora

Geraldo Simões é "Cacau" no listão da Odebrecht




O ex-deputado federal e ex-prefeito de Itabuna Geraldo Simões (PT) aparece na lista de políticos que podem ter recebido dinheiro da Construtora Odebrecht. O suposto apelido usado para “mascarar” o petista do Sul da Bahia foi “cacau”. Segundo documentos apreendidos no dia 22 de fevereiro durante a 23ª fase da Operação Lava Jato, o valor relacionado a Geraldo Simões que aparece numa das planilhas da Odebrecht é de R$ 200.000,00. Os documentos da empreiteira foram divulgados pelo blog de Fernando Rodrigues. Para evitar julgamentos precipitados, o jornalista adverte que os nomes dos políticos e os valores relacionados não devem ser automaticamente considerados como prova de que houve dinheiro de caixa 2 da empreiteira para os citados. São indícios que serão esclarecidos no curso das investigações da Lava Jato. Geraldo Simões é citado nesse arquivo, na página 12. O ex-deputado negou que tenha recebido recursos da construtora Odebrecht: “Em 2012 não fui candidato, já em 2014 o meu gasto na campanha foi de R$ 90 mil, e não recebi nenhuma ajuda da Odebrecht. Aliás, nos meus oito anos de governo em Itabuna essa construtora nunca foi contratada pela prefeitura. Se analisar a lista da matéria, ao lado do meu nome aparece a palavra “ocasional”. Eu nunca recebi ajuda desta empresa”, declarou Geraldo. (Blog do Gusmão)

2 comentários: