Notícias de última hora

Caso Nova Ferradas: Ex-mulher de “Rodrigo Gago” afirma que é ele no vídeo


                            

Após divulgação do caso envolvendo Rodrigo José Silva, o “Rodrigo Gago”, morto a tiros na tarde de ontem, no bairro Nova Ferradas, um vídeo começou a circular, onde um homem abusa sexualmente de uma criança de 3 anos. Nas imagens, o rosto da criança aparece de forma rápida, porém, é possível identificar a  menina. A morte de Rodrigo pode está ligada ao vídeo, segundo informações de testemunhas.
Na manhã de hoje (02), a mãe da vítima manteve contato com o Plantão Itabuna e confirmou ter sido Rodrigo o homem das imagens. Ela alega que a filha de inicial “D”, na época estava em Salvador, pois teria ido visitar os familiares do pai (Rodrigo), e lá o crime de abuso sexual aconteceu. “Esse caso já vem rolando há 1 ano, esse vídeo é antigo, agora que começou a circular, tem queixa na delegacia e minha filha fez exame de corpo e delito que confirmou o abuso”, revela.
Ainda em entrevista por telefone, a mãe da menina acredita que existem outras duas pessoas, um homem negro e um de pele branca, porém, não sabe quem são. Outro detalhe recordado por ela, são as roupas que aprecem no vídeo, a mãe afirma que não são da filha dela. “Eles vestiram ela com aquela para disfarçar, não são delas”, diz.
O outro lado
A família de Rodrigo José falou com a reportagem do Plantão Itabuna, de maneira bem informal, pois preferem aguardar as investigações. Porém, afirmam que tudo não passa de calúnia e difamação. “Ela é mentirosa, ele não é vagabundo, nunca foi, ela que deixava a filha por aí. Ela vai ter provar tudo isso”, dispara.
A família acredita também que a morte de Rodrigo aconteceu por conta do vídeo espalhado pelas redes sociais. Segundo as informações, a vítima de tiros soube das imagens e se deslocou até Nova Ferradas, lá, foi abordado e alvejado. Morrendo no hospital.

Nenhum comentário