Notícias de última hora

Exclusivo: MP de Itabuna, entra com ação coletiva contra EMASA


           

    O Ministério Público de Itabuna, ingressou na tarde desta quinta-feira (4), com uma ação visando danos morais coletivo contra a Empresa Municipal de águas e Saneamento (EMASA). O promotor Inocêncio de Carvalho, explicou que a ação, visa dano moral coletivo e pede ao judiciário anulação de todas as faturas emitidas referentes aos meses de dezembro de 2015 e janeiro de 2016.
    O Ministério Público de Itabuna, pede também que seja devolvido o dinheiro para o consumidor ou dedução dos valores pagos nas contas futuras. Na ação consta também que a Emasa, forneça água tratada para o consumo humano, e que sejam abertas contas judicial para receber os pagamentos futuros a partir de fevereiro. O município também deve fiscalizar a qualidade da água que chega na casa do consumidor.
    O promotor Inocêncio de Carvalho, disse também através da ação, que o MP foi procurado por consumidores que fizeram reclamações de diversas espécies. Problemas de saúde, de pele, choque elétrico, impossibilidade de adquirir água mineral para o consumo humano, além de prejuízos materiais como defeito em máquinas de lavar. O inquérito civil foi instaurado, após ouvir várias pessoas e realizar perícias que indicam que o consumidor paga por água imprópria para o consumo.


Nenhum comentário