Notícias de última hora

Anunciado pelo Atlético-MG, Robinho some da galeria de ídolos do Santos


Robinho, Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

    O atacante Robinho acertou com o Atlético-MG nesta quinta-feira. No mesmo dia, seu nome sumiu da galeria de ídolos do site oficial do Santos, clube que defendeu em três oportunidades (de 2000 a 2002, em 2010 e de 2014 a 2015), conquistando dois Campeonatos Brasileiros, dois Paulistas e uma Copa do Brasil. O Peixe, porém, garantiu que não tinha sido o responsável por isso e em poucas horas recolocou o Rei das Pedaladas de volta na galeria.

print robinho santos (Foto: Reprodução )

    "O Santos Futebol Clube, reconhecido como o time que mais prestigia e relembra seus ídolos eternos, informa que jamais tiraria o atacante Robinho de sua galeria por qualquer motivo. Ainda mais no mesmo dia em que reforçou sua posição de ídolo, quando anunciou a desistência da sua contratação, por outros motivos, já citados no comunicado.
    O clube já está averiguando as possíveis causas deste ocorrido para tomar as devidas providências", 
disse o clube, em nota oficial enviada à reportagem.
    Antes de fechar com o Galo, Robinho negociou por cerca de quatro meses com o Alvinegro Praiano. O Rei das Pedaladas, porém, não chegou a um acordo financeiro com o Santos, que oferecia R$ 200 mil por mês, além de uma parceria com uma empresa que iria adquirir os direitos de imagem do jogador por R$ 400 mil mensais.
    As negociações foram encerradas na última quarta-feira, quando a advogada de Robinho, Marisa Alija, avisou ao Peixe que não teria mais tempo para esperar. Depois disso, o atacante passou a analisar outras propostas e acertou com o Atlético-MG por dois anos.
    O que também prejudicou o andamento das negociações entre o Alvinegro Praiano e Robinho foi a internação do presidente Modesto Roma Júnior, no fim de janeiro, para realizar exames. Desde então, o clube não conseguiu avançar.

Nenhum comentário