Notícias de última hora

Lucro da Caixa sobe 60% ante 2014 e atinge R$ 3 bilhões no 3º tri



A Caixa Econômica Federal teve lucro líquido de 3 bilhões de reais no terceiro trimestre deste ano, cifra 60% maior que a vista no mesmo intervalo de 2014. Ante o trimestre anterior, foi visto aumento de 57%. De janeiro a setembro, o lucro da Caixa somou 6,5 bilhões de reais, elevação de 23,3% na comparação com o mesmo intervalo do exercício anterior. A carteira de crédito ampliada da Caixa encerrou setembro com saldo de 666,1 bilhões de reais, aumento de 15,5% em 12 meses. Sua participação de mercado ficou em 20,9% no período ante 20,7% em junho. Crédito habitacional seguiu como destaque, com avanço de 17,2% no ano, para 375,7 bilhões de reais. Líder neste segmento, a Caixa encerrou setembro com fatia de e 67,5% do mercado. Ao final de setembro, a Caixa era responsável pela gestão de quase 2 trilhões de reais em ativos, aumento de 12,9% em 12 meses. Tal crescimento, conforme o banco, foi impulsionado, principalmente, pelos ativos próprios, que chegaram a 1,2 trilhão de reais, avanço de 13,5% em um ano. "Em nove meses, a Caixa injetou 546,4 bilhões de reais na economia brasileira por meio de contratações de crédito, distribuição de benefícios sociais, investimentos em infraestrutura própria, remuneração de pessoal, destinação social das loterias, dentre outros", destaca a instituição, em nota à imprensa. O índice de inadimplência acima de 90 dias foi de 3,26%, influenciado pelas operações comerciais a pessoa física e a micro e pequenas empresas, além da desaceleração da atividade econômica. No trimestre anterior, o índice de inadimplência tinha sido de aproximadamente 2,9% da carteira de crédito. A base de clientes do banco público alcançou 82,4 milhões de correntistas e poupadores em setembro de 2015, alta de 6,8% em 12 meses. A carteira de pessoas físicas somou 80,2 milhões, e a de pessoas jurídicas, 2,3 milhões, aumentos de 6,8% e 7%, nesta ordem,em comparação ao mesmo período de 2014.

Nenhum comentário