Notícias de última hora

CÂMARA FAZ HOMENAGENS AO DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA


Reflexões memoráveis abrilhantaram a celebração em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra - 20 de novembro -, durante a Sessão Solene realizada pela Câmara Municipal de Itabuna, na noite dessa sexta-feira, 20. A luta pela igualdade racial, as conquistas e a valorização da cultura negra foram os principais destaques durante o evento que reuniu, no Grapiúna Tênis Clube, autoridades municipais, estudantes, representantes de movimentos culturais e de diferentes segmentos da sociedade.

Inserida no calendário de comemorações do Poder Legislativo Municipal, a data foi celebrada com manifestações da cultura afro, a exemplo da apresentação da dançarina Suely Santos, do Grupo de Capoeira do mestre Rômulo Lima e do músico Sérgio Manzili. Houve ainda a palestra do estudante Daniel Menezes, chamando a atenção para situação dos jovens que convivem com o vírus HIV.

Igualdade de direitos - As apresentações reforçaram o compromisso de ressaltar a luta por uma sociedade que se opõe ao racismo e que exalta a equidade de direitos da população. “Esse é o objetivo dessa Sessão: promover reflexões e dizer que a luta pela igualdade deve ser constante”, disse o presidente da Câmara, Aldenes Meira (PCdoB).

“Essa Sessão fortalece o debate de que só teremos uma sociedade mais justa quando as pessoas tiverem os mesmos direitos”, reiterou o vereador Jairo Araújo (PCdoB). “É muito bom estar aqui hoje vendo que a Câmara de Vereadores está adotando políticas para que a cultura negra não seja esquecida”, avaliou o babalorixá Diagonan.


“Luta histórica” - A professora Ivone Miranda, membro do Movimento Negro de Itabuna, destacou as conquistas alcançadas ao longo da história, a exemplo do Estatuto da Igualdade Racial. “Tudo que temos hoje é fruto de uma luta histórica”, enfatizou Ivone. 

Nenhum comentário