Notícias de última hora

Vereadores discutem situação financeira do Hospital de Base




Cumprindo o papel de fiscalizadores e de representantes da população, sete vereadores de Itabuna formaram uma comissão, na manhã desta quinta-feira, 24, para acompanhar de perto as dificuldades enfrentadas pelo Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM). O objetivo foi discutir os problemas da instituição com o diretor, Paulo Bicalho, que está prestes a colocar o cargo à disposição no fim deste mês.
A proposta dos vereadores foi saber sobre a atual situação do Hospital, com o intuito de dialogar posteriormente com o Poder Executivo em busca de soluções que possam reduzir os problemas financeiros e melhorar a qualidade do atendimento ofertado à população. “O Hospital de Base é complexo pelo tamanho e pela estrutura e, por isso, requer muitos recursos. Estamos aqui hoje conversando com Dr. Paulo para verificar se a Câmara de Vereadores pode encontrar alternativas no sentido de buscar fazer com que a qualidade do atendimento e a recuperação que o Hospital de Base teve a partir da sua gestão continuem”, disse o vereador Jairo Araújo (PCdoB).
Para Paulo Bicalho, a falta do repasse de recursos mensalmente tem sido a principal dificuldade enfrentada pelo HBLEM. “Desde abril, estamos funcionando com 10% a menos dos recursos mensais e isso é um problema que está preocupando a todos os dirigentes do Hospital”, explicou Paulo.  “O Hospital de Base é uma unidade de saúde que tem ajudado muito Itabuna e as cidades vizinhas. Se Paulo Bicalho sair, será uma grande perda para Itabuna”, destacou o vereador Valter Socorrinho (Pros) sobre a possibilidade do diretor deixar o cargo.
Com o objetivo de buscar soluções e reduzir os problemas administrativos, os parlamentares se reuniram com o prefeito Claudevane Leite (PRB), também na manhã desta quinta, para discutir sobre o que o Governo fará com relação ao reforço financeiro para o HBLEM.
Além de Jairo Araújo e Valter Socorrinho, também participaram da Comissão Nadson Monteiro (PPS), Valéria Morais (PSC), Joilson Rosa (Pros), Glebão (PV) e Ailson Sousa (PRTB).  
MAIS FOTOS ABAIXO:

















Nenhum comentário