Notícias de última hora

Mulher quase morre após usar famosa tintura de cabelo

Foto: reprodução

Uma advogada correu risco de morte após ter sofrido uma reação alérgica a uma tintura de cabelo. Marina Williamson, de 33 anos, de Londres, Inglaterra, teve que ser levada às pressas a um hospital dias após ter aplica uma tintura, da L’Oreal Garnier Nutrisse, em seus cabelos, a fim de encobrir alguns fios grisalhos.
Isso porque ela havia tido uma erupção cutânea grave além de febre, e ficou tão doente que teve que receber oxigênio por sofrer com dificuldade respiratória. “Eu pensei que estava morrendo”, relatou ela. Os médicos disseram a Marina que, sem tratamento médico, ela poderia realmente ter morrido.
A advogada acredita que a reação alérgica extrema se deveu a um dos ingredientes do produto, a fenilenodiamina (ou PPD), que está presente em 99% das tinturas permanentes vendidos no Reino Unido.
Marina afirmou que nunca mais pintará seus cabelos novamente e disse que tais produtos deveriam ter em suas embalagens avisos destacados que alertassem sobre os riscos.

Nenhum comentário