Notícias de última hora

Itabuna amplia teste rápido na atenção básica para prevenir HIV/AIDS

A maioria dos profissionais de enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde que participou doencontro no auditório do Grupo de Apoio a Prevenção da AIDS (GAPA)aprova a expansão da ofertade teste rápido para HIV, Sífilis, Hepatite B e C e outras doenças sexualmente transmissíveis. O projeto foi apresentado durante o evento Café Cientifico–Teste Rápido na Atenção Básica, promovido pela Prefeitura de Itabuna na tarde de quinta-feira, dia 20.
Itabuna amplia teste rápido na atenção básica para prevenir HIVAIDS      - Foto Wilson Oliveira 3
Itabuna amplia teste rápido na atenção básica para prevenir HIVAIDS
Para a enfermeira da Unidade Básica de Saúde José Edites, Nayara Alves, a partir da ampliação do serviço será possível oferecer às pessoas mais atenção à saúde com o agendamento dos testes rápidos."A partir de agora, a população de Itabuna terá mais oportunidade de se prevenir das doenças sexualmente transmissíveis", disse.
Itabuna amplia teste rápido na atenção básica para prevenir HIVAIDS      - Foto Wilson Oliveira 2
Itabuna amplia teste rápido na atenção básica para prevenir HIVAIDS
Já a enfermeira Gilvane Chaves, da Unidade de Saúde da Família Baldoino Azevedo, no bairro de Fátima, destaca queo exame não demora, não dóie o acompanhamento de pacientes é gratuito assim com a administração da medicação. "Toda a medicação e acompanhamento são oferecidos pela Secretaria Municipal de Saúde para pacientes e seus parceiros. Além disso, pacientes gestantes recebem o atendimento especial", acrescenta a coordenadora do Módulo III, Mariana Bonfim.
Itabuna amplia teste rápido na atenção básica para prevenir HIVAIDS      - Foto Wilson Oliveira 1
Itabuna amplia teste rápido na atenção básica para prevenir HIVAIDS
Antes da expansão,o teste rápido era limitado às gestantes. "Agora todos tem o direito de fazer o teste. Isso é um avanço para a saúde municipal. Mas, fazemos uma alerta para homens e mulheres que se previnam contra as doenças sexualmente transmissíveis usando a camisinha", expressou Mariana Bomfim, que se diz satisfeita pela inclusão de todas as unidades da rede da atenção básica, restrita a 10 unidades a partir do ano passado.
O trabalho dos profissionais de enfermagem será complementado por uma equipe multiprofissional que atua no Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento (CERPAT), que desde sua inauguração no Dia da Cidade, em 28 de julho, já está funcionando na Avenida Amélia Amado, no térreo do prédio no número 914, centro.
"A ideia é não sobrecarregar o serviço e ampliar o acompanhamento de quem seja identificado com resultado positivo" explicouacoordenadora municipal de DST/AIDS e Hepatites Virais, Suse Mayre Martins Moreira Azevedo. Segundo ela, a expansão dos testes irá proporcionar a ampliação do diagnóstico, cuja prioridade são gestantes e pessoas com maior vulnerabilidade às DST/HIV/AIDS.Nos casos diagnosticados, o tratamento será iniciado na própria unidade do bairro onde mora o paciente.
Promovido pelos departamentos de Atenção Básica e de Média e Alta Complexidade, Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento - CERPAT e Área Técnica de Saúde da Mulher, o evento discutiu como alcançar a meta de oferecer testes rápidos para pacientes em todas as áreas da cidade abrangidas pelas 32 Unidades Básicas de Saúde. Até 2012 os testes somente eram realizados no Centro de Referência em DST/AIDS e Hepatites Virais.

Nenhum comentário