Notícias de última hora

Andressa Urach cobrava R$ 15 mil por sexo e foi ameaçada por Cristiano Ronaldo

Mesmo antes de ser lançado, o livro da modelo Andressa Urach, que conta com detalhes seu passado como prostituta de luxo está chamando atenção da mídia internacional. O tabloide inglês, Daily Mail, teve acesso a trechos do livro, em que Andressa revela sua arrecadação com programas sexuais e clientes famosos e ricos, a exemplo de Cristiano Ronaldo, que segundo relato da apresentadora no livro, mandou tranca-la em um quarto de hotel.
A modelo revelou que se tornou a, “garota mais desejada e caras do Brasil” e chegou a cobrar R$ 15 mil por programa. De acordo com o Daily Mail, em um dos trechos da publicação Urach revela que iniciou em uma casa noturna após se separar do pai do filho, quando ainda tinha 21 anos. Ela passou a ganhar de R$ 400 a R$ 3 mil, por “fazer tudo que as outras não faziam”.
Andressa fez programa com um jogador da Seleção Brasileira em Londres. De acordo trecho do livro divulgado pelo Daily Mail, o atleta é casado e tem filhos. Mas o programa com jogador de futebol de maior repercussão, foi com Cristiano Ronaldo, em que a modelo revela no seu livro o transtorno vivido em Madri após se encontrar com o  craque numa suíte que custava 12 mil euros, no Villa Magna Hotel.
De acordo com trecho do livro publicado pelo Daily Mail, no dia 19 de março de 2013, Andressa diz ter recebido uma ligação do jogador Cristiano Ronaldo. “'Você é realmente a Miss Bumbum do Brasil?', ele perguntou.  'Você tem o bumbum mais bonito e eu gosto de bundas'. Eu não conseguia acreditar que tinha a chance de ter um encontro romântico com um dos principais jogadores de futebol do mundo. Eu não queria saber de ser paga nessa viagem. Eu pensei que nenhum dinheiro pagaria o sucesso de estar ao lado de Cristiano Ronaldo”.
Um mês após a conversa, Andressa foi para Madri encontrar o craque numa suíte que custava 12 mil euros a noite no Villa Magna Hotel: “Eu estava no elevador privativo da suíte e meu coração parou quando a porta se abriu. Era ele: Cristiano Ronaldo. Sorrindo, ele me convidou para entrar e nós conversamos rapidamente sobre o que iria acontecer. Então, ele me agarrou e nós tivemos uma relação sexual bem intensa. Ao contrário do que se possa imaginar, o jogador era um pouco agressivo na cama. Passamos menos de uma hora no quarto”.
Andressa ainda conta que não tinha intenção de que seu encontro virasse público, mas queria uma foto com ele para se promover no Brasil. Ao perguntar para ele, se ela poderia tirar uma foto como fã, ele respondeu: “Poderíamos tirar a foto, mas não no quarto. Me mandou descer e esperar no lobby do hotel.”
Vingança ao jogador português: “Eu esperei no estacionamento por 40 minutos até um funcionário do hotel me informar que ele já tinha ido embora. Quando peguei o elevador para ir embora, outro funcionário me pegou pelo braço e pediu: ‘Suba. Cristiano está mandando você subir’. Sem reação, eu voltei para o mesmo quarto, que dessa vez estava vazio. Eles me trancaram lá por três ou quatro horas. Angustiada, eu liguei para meu agente para pedir ajuda. Assim que estava livre, a única coisa que pensei foi em desejo de vingança”, disse ela, que contou a história a um tabloide inglês. Segundo Andressa, o jogador ligou para ela e disse: “Eu juro que a justiça será feita, sua piranha. Vou mandar pessoas atrás de você. Você não me conhece e vai ver do que sou capaz”.
Andressa diz se arrepender de toda confusão. “Eu gostaria de pedir desculpas públicas para Cristiano Ronaldo e a namorada dele. Se pudesse voltar ao tempo, eu escreveria uma nova página para tudo que aconteceu”.
Fonte: site Ego

Nenhum comentário