Notícias de última hora

Com dívida de R$ 430 mil em cassino americano, Luxemburgo vira alvo da Justiça

O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Cruzeiro, vai ter mais uma batalha para travar. Mas dessa vez fora de campo. O treinador entrou na mira da Justiça por conta de uma dívida de 139 mil dólares (cerca de R$ 428 mil), com o hotel e cassino Wynn Las Vegas, dos Estados Unidos. 
De acordo com o hotel, a dívida de Vanderlei foi contraída em fevereiro do ano passado. Na ocasião, o treinador deixou um cheque promissório de 300 mil dólares para ser quitado até 29 de maio do mesmo ano, mas de acordo com o portal da ESPN, apenas 161 mil dólares foram pagos pelo brasileiro. 

Sem o pagamento, o hotel entrou contratou advogados e entrou com um processo contra o treinador na Justiça brasileira. Localizado em Las Vegas, nos Estados Unidos, o hotel Wynn é um dos mais caros da cidade e tem como principal atração o cassino, com premiações de 25 mil dólares. 

Vício
Essa não é a primeira vez que Luxemburgo se envolve em polêmica envolvendo jogos. Em 2010, uma matéria da Revista ESPN destacou que o treinador estava viciado em jogos de cartas e que esse seria motivo para sua queda de rendimento no futebol. Um dos relatos conta que Vanderlei mantinha noitadas de pôquer com jogadores no Palmeiras em 2008, quando era treinador do clube paulista, o que, segundo a publicação, fazia o elenco treinar menos pela manhã. 

Nenhum comentário