Notícias de última hora

Rui Costa diz que é contra redução da maioridade penal



O governador Rui Costa declarou ser contra a redução da maioridade penal para 16 anos. O projeto de emenda à constituição (PEC) vai ser votado na tarde desta terça-feira (30). Rui acredita que a família é importante no processo de afastar o jovem da criminalidade. “Se achar que isso é a solução, daqui a pouco vão querer criminalizar os meninos ainda no berçário”, assinalou.
 
O texto que será votado nesta terça-feira (30) reduz de 18 para 16 anos a idade penal para os crimes considerados graves. Após acordo entre os partidos, o relatório original, que previa a redução da maioridade para todos os casos, foi modificado. A punição de menores passa a ser prevista somente para quem comete crimes hediondos, homicídio doloso (quando há intenção), lesão corporal grave, seguida ou não de morte, e roubo qualificado.
 
O governador acredita que além da família, líderes religiosos podem também contribuir no processo de brecar a entrada de jovens no mundo do crime. Ele adiantou que vai convidar padres, pastores, mães de santos e lideranças de outras religiões para fazer parte do Pacto pela Vida. A data ainda não foi marcada. “A família precisa abraçar essa criança, para que crime não a abrace”.

Nenhum comentário