Notícias de última hora

Lula faz críticas a Dilma em encontro: “está no volume morto”

O ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, fez duras críticas a sua sucessora, a presidente Dilma Rousseff, durante encontro com um grupo seleto de padres e dirigentes religiosos na sede de seu instituto, em São Paulo, segundo informações do jornal O Globo. Em um tom de desabafo, ele creditou ao Governo Dilma, a creditou à sua gestão, o crescente desgaste vivido pelo Partido dos Trabalhadores.
“Dilma está no volume morto, o PT está abaixo do volume morto, e eu estou no volume morto. Todos estão numa situação muito ruim. E olha que o PT ainda é o melhor partido. Estamos perdendo para nós mesmos”, teria afirmado Lula.
Para ilustrar a profundidade do poço em que se meteu o PT, Lula citou uma pesquisa interna do partido, que revela que a crise se instalou no coração da legenda, o ABC Paulista. ”Acabamos de fazer uma pesquisa em Santo André e São Bernardo, e a nossa rejeição chega a 75%. Entreguei a pesquisa para Dilma, em que nós só temos 7% de bom e ótimo”, teria afirmado o ex-presidente aos religiosos.
Lula reclamou que Dilma tem dificuldade de ouvir até mesmo os conselhos dados por ele. “Gilberto [Carvalho, ex-ministro de Dilma] sabe do sacrifício que é a gente pedir para a companheira Dilma viajar e falar. Porque na hora que a gente abraça, pega na mão, é outra coisa. Política é isso, o olhar no olho, o passar a mão na cabeça, o beijo”, explicou Lula, em companhia do ex-ministro Gilberto Carvalho, interlocutor da ala religiosa.
Segundo o ex-presidente, este erro não é apenas da presidente, mas também dos ministros, que, segundo ele parece “um governo de mudos”.         

Nenhum comentário