Notícias de última hora

Lava Jato: após prestar depoimento na PF, Leão pede arquivamento da investigação

 
O vice-governador da Bahia e secretário do Planejamento, João Leão (PP), prestou depoimento à Polícia Federal (PF), em Brasília, nesta terça-feira (9). O político foi um dos citados em delações da Operação Lava Jato. Por meio de nota divulgada pela assessoria do político, Leão afirmou que os fatos serão esclarecidos de forma transparente.
 
A defesa do político  negou as acusações feitas pelos réus delatores e ressaltou que nenhuma prova foi apresentada contra o Leão. Ainda de acordo com a defesa do vice-governador, por causa da ausência de provas foi pedido o arquivamento da investigação. O pedido vai ser apreciado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 
 
Confira a nota enviada  pela assessoria do político.
 
"Ao longo de 28 anos de vida pública, posso afirmar que este é um dos momentos mais espinhosos. Estou triste, estou surpreso e ao mesmo tempo forte para iniciar esta luta: sou inocente e vou provar. Eu acredito em Deus e na Justiça. Tenho a mais absoluta certeza de que a verdade vai aparecer e todos os fatos serão esclarecidos de forma transparente. De que cabeça erguida, com o apoio dos amigos, da família e do povo, continuarei trabalhando em defesa da Bahia e do Brasil".

Nenhum comentário